Você sabe porque vocês estão juntos?

Segundo a orientadora emocional Camilla Couto, refletir sobre a própria vida e as nossas relações ajuda a compreender se estamos vivendo de acordo com o que realmente desejamos. Você já se perguntou POR QUE você e seu parceiro ou parceira estão juntos?

Fonte: Blog das Amarildas

“Um dia desses, li uma mensagem que falava sobre questionar-se. Parece simples demais, mas observando os problemas que são trazidos até mim, percebo que muita gente vive no piloto automático, principalmente ao se relacionar. A gente vai seguindo a onda, trabalhando, pagando contas, convivendo. Então, esse movimento de parar e pensar no que realmente importa, naquilo que desejamos, quem somos, o que nos move, é sempre deixado para depois”. A reflexão é de Camilla Couto, orientadora emocional para mulheres, com foco em relacionamentos.

Para Camilla, se o seu relacionamento não vai tão bem assim, seja lá qual for o motivo, talvez seja hora de começar a pensar mais sobre si mesmo, sobre o que te move, o que te paralisa: “não é preciso estar vivendo um relacionamento tóxico ou abusivo, ou estar passando por uma crise realmente grave para dar o passo inicial. Muitas vezes, nada de ruim acontece, mas sentimos que estamos emocionalmente estagnados. A gente sente que podia ir além, crescer mais, ter mais frutos do relacionamento”, lembra ela.

Camilla explica que esse é um problema recorrente nas relações, e que, por não ser visto efetivamente como um problema, acaba sendo negligenciado. Principalmente, porque vivemos sob muitas crenças sociais. E essas crenças nos dizem que, por exemplo: se você é casado ou está em um relacionamento sério, é melhor do que estar solteiro. Se tem alguém que provê a casa, melhor do que ter que trabalhar sozinho para se sustentar. Se tem alguém que é um bom pai ou boa mãe, melhor do que criar filhos sozinho. E, sob essas opiniões alheias, seguimos acreditando que “é melhor deixar como está”.

A orientadora emocional explica que não faz apologia à solitude e nem sugere que saiam terminando relacionamentos que não sejam perfeitos. “Longe disso”, enfatiza ela, “nossos parceiros não são perfeitos. Nós também não somos perfeitos. Relacionamentos não são perfeitos. Então, como podemos desejar que nossos parceiros e nossas relações nos proporcionem apenas dias ensolarados de amor? Impossível. O que eu quero enfatizar é que o questionamento sobre por que vocês estão juntos é importante e pode até reforçar a parceria e o sentimento que já existe”.

“Para isso”, Camilla lembra, “é preciso ter consciência, questionar-se, viver com protagonismo. Aí, sim, tudo vale a pena. Estagnar por medo de mudar é que é errado. Viver um relacionamento que te ensine a ser melhor, se isso estiver dentro das suas possibilidades e sonhos, pode ser sensacional”. Mas, para ela, é preciso ter esse poder de escolha, o que pede coragem de se conhecer e de enfrentar as respostas que o nosso próprio coração nos dá.

Quer compartilhar fatos e dicas? Envie para o e-mail: [email protected]

Comentários:
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: