“A Dona do Pedaço” dá visibilidade ao relacionamento sugar

Com a novela das 9 – A Dona do Pedaço – chegando ao fim, o personagem vivido por José de Abreu (Otávio) levanta uma discussão: afinal quem são os Sugar Daddies? Na plataforma MeuPatrocínio, a pioneira e a maior do Brasil, com cerca de três milhões de usuários, eles representam quase 300 mil assinantes. São homens poderosos, ricos e bem-sucedidos, procurando jovens atraentes, inteligentes e ambiciosas (Sugar Babies) para uma relação com objetivos transparentes e expectativas alinhadas desde o início. Esta tendência nos relacionamentos tem causado muita controvérsia porque algumas pessoas julgam tratar-se de uma aproximação exclusivamente por interesses. Tudo depende do tipo de acordo estabelecido pelo casal. Alguns procuram um compromisso sério, sem a necessidade de joguinhos de conquista, outros apenas uma companhia para o compartilhamento de experiências e amizade.

No Meu Patrocínio, os Daddies, concentrados principalmente nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Distrito Federal, estão na faixa dos 43 anos e têm um patrimônio médio de R$ 7,7 milhões. Empresários (38%), profissionais liberais (37%) -advogados, arquitetos, médicos, engenheiros, administradores e consultores -, e diretores de empresas (20%) compõem o perfil daqueles que se dispõem a ser os “provedores da relação”, oferecendo apoio financeiro, de carreira e, claro, emocional às suas escolhidas.

Do ponto de vista das Babies, os Daddies representam segurança, a figura de alguém que garante os estudos, uma estabilidade financeira e a possibilidade de realização de sonhos. Para muitas, mais vividos e honestos – característica essencial neste tipo de relacionamento –, eles são o antídoto para frustrações já experimentadas em ocasiões anteriores.

Mas por que os homens estão migrando para este tipo de relação? Para impressionar o seu grupo social. É a primeira resposta. Estar ao lado de uma jovem linda e exuberante, faz com que o daddy se destaque também e, além de tudo, alimenta o ego masculino. Além disso, a relação sugar é, por princípio, livre de stress. Tudo fica às claras desde o início, não se perde tempo com interesses ocultos nas relações. Os daddies também manifestam a satisfação pessoal de servir como um mentor para a sua baby. Influenciar na escolha e no desenvolvimento uma carreira, indicar os caminhos a seguir são sensações muito positivas que elevam o prazer de fazer a diferença na vida de alguém.


Ronnie Martyns

Ronnie é um blogueiro de relacionamento e educador que está fortemente comprometido em orientar heterossexuais, lésbicas, homens gays e bissexuais que desejam experimentar relacionamentos notáveis, satisfação e sólida autoconfiança.
error: Content is protected !!