Todos os anos, vivemos a mesma história: vamos investir mais em nós mesmos, começar uma dieta, fazer mais exercícios, colocar mais limites, fazer mais do que gostamos. O ano passa e seguimos com as mesmas atitudes. E, obviamente, os mesmos resultados. O fisioterapeuta que trabalha com Saúde Integrativa, Sérgio Bastos Jr, questiona: por que as promessas de ano novo nunca funcionam?

“Com raríssimas exceções, a grande maioria das nossas promessas de ano novo continuam sendo promessas, réveillon após réveillon. Quem aí pode dizer o contrário? Por que será que, quando temos uma data importante, uma virada de ano, nos enchemos de energia e vontade e, de repente, todo esse gás vai embora, sobrando apenas o dia a dia de sempre?”, questiona Sérgio Bastos Jr, fisioterapeuta que realiza um trabalho de Saúde Integrativa.

Segundo ele, quando menos percebemos, estamos vivendo as mesmas coisas, tomando as mesmas atitudes e, geralmente, fazendo as mesmas reclamações. Por que será que isso acontece? Sérgio explica: “geralmente, porque as promessas de ano novo não passam do estágio um, ou seja, seguem sendo apenas promessas. A grande questão é que precisamos vencer nossos medos e nossos traumas para mudar as nossas atitudes.”

“Muitas vezes, nós desejamos a mudança”, enfatiza Sérgio, “queremos, com profundidade, mudar, mas não conseguimos enxergar o que nos impede. Esse é o que podemos chamar de “o pulo do gato”. Descobrir quais crenças e memórias são bloqueadores daquilo que precisamos fazer diferente para conseguir novos resultados”, lembra.

Ficar nas promessas de ano novo é uma tradição?

Sérgio também foca no costume: “fazemos sempre a brincadeira de “segunda feira eu começo a dieta”, não é mesmo? Ou seja, já estamos acostumados a prometer. É como se a promessa fizesse parte do ritual, e, talvez, lá no fundo da nossa mente, podemos pensar que, se atingirmos nossos objetivos, não teremos mais como seguir com a tradição. Ledo engano. É preciso abrir espaço para o novo”.

Sérgio lembra que é exatamente por isso que a Saúde Integrativa é tão importante: “descobrir quais são as nossas crenças, os nossos bloqueios, quais são os muros que nos impedem de sair da promessa e partir para a ação, é o que nos faz crescer e ser maiores do que as nossas dores. Por isso, antes de fazer sua lista de promessas de ano novo, reveja todas aquelas que já foram escritas, faladas e desejadas. Observe o que pode estar faltando para que elas se tornem conquistas reais”, finaliza ele.

Fonte: Biointegral Saúde

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.