Abrimos a semana em um processo de revisão de nossas escolhas. No dia 6, Marte – o planeta da ação e da iniciativa – em movimento retrógrado faz contato com o Nodo Norte, ponto astrológico que indica o nosso caminho de evolução, a direção que devemos seguir para estarmos bem. Com isso, pode ser que olhemos para trás e queiramos uma segunda chance. Algo do tipo: posso escolher outra coisa? Se uma nova escolha for possível, assegure-se de estar escolhendo algo que se alinha com o que você quer e que você sinta ser o melhor para você.

No dia 7 nos encontramos com um novo momento de virada. Mercúrio, o planeta da comunicação, tem seu primeiro encontro tenso com Urano, o planeta do inesperado. Como Mercúrio está no signo de Escorpião, é possível que revisite informações que desconhecíamos, ou que são tabu de alguma forma, e que estas nos peguem de surpresa. E é provável que não gostaremos que vamos ouvir, ou do que teremos que dizer. Mas esta conversa perturbadora é apenas o início de um processo que se desenrolará até 17 de novembro. Até lá, Mercúrio e Urano voltarão a se encontrar, e novas camadas de verdade ou de sentimentos profundas virão à tona. Nada deverá – ou deveria – ser consolidado até lá. O importante é tomarmos a informação que se torna disponível e irmos vendo como ela se adapta a nossa vida, bem como o que iremos fazer com ela. Não tenha pressa em tomar decisões definitivas nem no calor do momento, porque ainda temos muita água para rolar debaixo dessa ponte.

O mês de outubro começa potente. No dia 4, temos o poderoso Plutão retomando seu movimento direto em Capricórnio, deixando claro que o período de revisão de transformações em 2020 está finalizado e que agora é hora de colocar em prática algumas decisões. Não tem jeito, algumas coisas não nos servem mais nem cabem mais em nossa vida, especialmente naquela área do mapa onde temos Capricórnio, e por menos que queiramos renunciar a elas, disso pode depender o nosso progresso.

Interessante que Plutão retomará seu movimento direto no mesmo grau que estava em 12 de janeiro, quando fez conjunção a Saturno no céu. Lembra de algo especial relacionado à aquele dia? Se precisar de uma ajuda, 12 de janeiro foi o dia que Harry e Meghan renunciaram a posição monárquica para adotar uma vida simples, longe dos holofotes, junto ao seu filho, Archie, e abrigados em seu amor. Aquele movimento dos dois mostrou claramente que algumas tradições (Saturno) já haviam ficado ultrapassadas (Plutão), e que existem coisas em nossa vida que não dá para aceitar apenas na base da imposição. Ou escolhemos com o coração, ou não.

Assim, na semana de 4 de outubro é possível que haja um retorno ou uma reencenação de algo ocorrido em 12 de janeiro. Não precisa ser literalmente o mesmo evento, mas sim algo análogo, que remeta ao mesmo tema ou assunto.

Além disso, a maior parte de outubro estará coberta por uma energia sutil de realização de sonhos, o que eu considero bastante motivador. Isso porque o mês trará sim seus percalços e dificuldades, mas sabermos que apesar disso, continuamos em direção às nossas metas e objetivos (em teoria) mais inalcançáveis, e que o céu está nos dando uma forcinha para realiza-los, tem outro sabor.

E por falar em percalços, vamos a eles.

Na primeira semana de outubro, temos um novo encontro difícil entre o planeta da ação (marte) e o planeta da transformação (plutão). Esta é uma energia de transformação, mas daquelas que ocorre a partir de uma crise ou confronto. Para tomar decisões inteligentes, será preciso lembrar que algumas coisas não se consegue “na marra”. Mantenha a calma, esteja atento as suas motivações na luta por aquilo que quer e não entre em confrontos. Neste dia (9 de outubro) é melhor não forçar a barra. Quanto mais força você fizer, mais resistência receberá. E nada de entrar em disputas de poder: porque você precisaria disputar algo que já é seu? Quer saber do que se trata esse encontro tenso? Olhe para 13 de agosto. Naquele dia, Marte e Plutão tiveram o mesmo encontro. O que tiver ocorrido lá, poderá retornar ou gatilhar uma situação semelhante aqui.

No dia 13 de outubro, Mercúrio entra em movimento retrógrado no grau 11 do signo de escorpião, e ficará retrógrado até o dia 3 de novembro. Cada retrogradação de Mercúrio costuma durar cerca de 3 semanas e, durante este período, é melhor revisar ou retomar projetos passados que não progrediram anteriormente do que começar algo novo. Isso porque aquilo que é negociado durante a retrogradação de Mercúrio costuma não se sustentar uma vez que ele retoma seu movimento direto. Com isso, a gente acaba fazendo acordos com base em um cenário para depois nos encontrarmos com outro. Como o signo no qual Mercúrio retrogradará é o signo que fala de controle, poder e das verdades profundas, use este período para entrar em contato consigo mesma e para avaliar criticamente a verdade daquilo que você escuta. Quais são as entrelinhas? Há algo mais nesta mensagem que você não está vendo? Com Mercúrio em Escorpião, informação é poder. Portanto, fale menos e escute mais. Esta retrogradação de Mercúrio será sentida mais fortemente por librianos do terceiro decanato e escorpianos do primeiro e do segundo decanato. Além disso, aqueles nascidos no primeiro e segundo decanato de aquário, leão e touro poderão ser igualmente afetados, além daqueles que têm o sol, lua ou ascendente nos signos de gêmeos, ou virgem – signos regidos por Mercúrio. Eu sei, parece complicado, mas não é. A única coisa que precisamos entender é que nada é certo quando o planeta da comunicação “anda para trás” e que é melhor esperar o momento passar do que tomar decisões das quais possamos, mais tarde, nos arrepender. Cuidado, ainda, com mal-entendidos e dispersão.

É preciso lembrar que Marte também estará retrógrado durante a retrogradação de Mercúrio, o que reforça a importância de sentar à margem dos acontecimentos e deixar as coisas acontecerem, sem muita intervenção da nossa parte. O momento é de rever e corrigir antes de prosseguir.

O planeta do amor e dos relacionamentos, Vênus, estará no signo de Virgem a maior parte do mês, indicando um maior desejo pelos aspectos práticos e tangíveis do amor. Este mês, dizer que amamos não será suficiente. Precisaremos de provas bem concretas disso. O problema é não sentirmos nunca que o que recebemos é suficiente. Cuidado para não ficar muito crítica (de si mesma, da sua aparência e daqueles que ama). Para as virginianas, outubro é um ótimo mês para estabelecer novos contatos e investir no visual. O amor e as finanças também estão em alta para taurinas e capricornianas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui