Pergunte a uma mulher quais as características que ela gostaria de encontrar no parceiro ideal e ela sairá relacionando uma série interminável de qualidades. Algumas, segundo elas, são essenciais e imprescindíveis. Outras, mais subjetivas, ficam no campo do desejável, mas não são consideradas “nota de corte”.

O site de relacionamentos MeuPatrocínio ouviu 314 usuárias para traçar o perfil do homem ideal e descobriu que o ponto mais importante é a estabilidade financeira e emocional, citado por 38,2% das entrevistadas. Talvez em função de experiências malsucedidas, elas passaram a priorizar o equilíbrio entre o romance e o dinheiro, já que a falta dele corrói qualquer relação em pouco tempo. A estabilidade financeira do parceiro proporciona mais segurança e faz parte das escolhas que elas consideram sensatas. Mesmo priorizando a condição material, elas não abrem mão do romance e o envolvimento emocional também precisa existir.

 

Em seguida, mencionada por 32,5% das usuárias, vem a inteligência. Característica que, muitas vezes, até poderia adquirir um peso negativo e intimidador. Homens muito inteligentes podem gerar insegurança nas parceiras que não conseguem acompanhar o raciocínio e muito menos manter uma conversa no mesmo nível. Não é machismo, o mesmo ocorre com mulheres inteligentes e parceiros nem tão capacitados neste quesito. As entrevistadas ressaltaram que a inteligência provoca admiração e não há relacionamento possível sem esse sentimento.

Outro fator importante para 16,4% é o bom humor. Elas procuram alguém que saiba encarar a vida com leveza e que seja capaz de rir de si mesmo. Indivíduos que vivem do passado, rancorosos e infelizes não fazem sucesso e são de difícil convivência. O bom humor é responsável por tornar a relação mais divertida e a garantia de bons momentos. A simpatia, característica citada por 12,2%, revela a preferência por pessoas amáveis e gentis, não só com a parceira, mas com todos de forma geral.

Por fim, mencionada por somente 0,6% das pesquisadas, está a beleza física. Ela é importante, mas não essencial. Se o “escolhido” tiver estabilidade financeira, for inteligente, de bem com a vida e gentil, a beleza será o último ponto a ser considerado. E, sabemos bem, uma pessoa atraente não é necessariamente bonita.

Mas, afinal, o que torna alguém mais ou menos desejável aos olhos do outro? Tudo vai depender da lista pessoal de características desejáveis, das prioridades estabelecidas e, acima de tudo, das qualidades que farão do outro uma pessoa atraente e irresistível.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.