O tempo é precioso demais para esperar por alguém que não sabe o que quer

Para a orientadora emocional para mulheres, com foco em relacionamentos, a vida é curta demais para investir em uma relação que está se arrastando há muito tempo, sem chegar a lugar nenhum. Veja por que.

Fonte: Blog das Amarildas

“O tempo voa, não é mesmo? E a vida é curta demais para esperar por alguém que não sabe o que quer”. A frase é de Camilla Couto, orientadora emocional para mulheres, com foco em relacionamentos. Segundo ela, se o tempo está passando e a sua relação parece não avançar, ou dá a impressão de não ir a lugar nenhum, é hora de rever seus conceitos. “Quem está esperando o quê? Uma hora, um dos dois terá que tomar uma decisão. Do contrário, a consequência será levar uma vida sem sentido e ter sempre a sensação de que algo está faltando. Vamos terminar 2018 colocando os pingos nos is?”, convida a orientadora.

Camilla fala sobre dois panoramas específicos. Confira:

O OUTRO não sabe o que quer

Neste panorama, partimos do princípio de que você está em uma relação e deseja mais. Mais tempo juntos, mais compromisso, uma casa, família, filhos, qualquer coisa que signifique crescimento, aprofundamento, aprimoramento. E a outra pessoa não sabe se quer, se está pronta, se tem condições financeiras, se é mesmo necessário “juntar as escovas de dentes”, talvez ache melhor deixar como está. As desculpas podem ser várias, mas o motivo é um só: a pessoa simplesmente não sabe o que quer. Ou, no mínimo, não tem certeza. E se essa situação não lhe agrada, Existem três passos a seguir:

Entenda exatamente o que você sente e deseja da relação;

Exponha seus desejos e seus sentimentos com clareza;

Tome uma decisão. Aja! Sem medo de ficar só, ok?

VOCÊ não sabe o que quer

O contrário também pode ser bem ruim, não acha? Você está em uma relação que está boa do jeito que está, mas o outro quer mais. Será que você quer o mesmo? Ou está nessa só para passar o tempo enquanto alguém mais interessante não aparece? Será que o relacionamento vai seguir adiante se a verdade vier à tona? Coloque-se no lugar do outro e pare de esconder seus reais objetivos, suas verdadeiras vontades ou de alimentar algo que, se depender de você, não terá futuro. Neste caso:

Seja sincero consigo mesmo, admita para si aquilo que realmente quer;

Seja sincero com o outro, não brinque com os sentimentos de ninguém;

Tome uma decisão. Aja!

Nos dois casos, a orientação de Camilla é sair da inércia e da indecisão: “quando somos fiéis aos nossos desejos e sentimentos reais e os transparecemos aos outros, certamente nos sentimos bem e, de quebra, atraímos pessoas tão verdadeiras como nós”, explica. No fundo, quando estamos em uma situação de relacionamento no “limbo”, o que falta é tomar as rédeas da própria vida, ter certeza dos sentimentos e das vontades que estão dentro do seu coração. Ficar em uma relação por medo, por comodismo ou por conveniência, não é legal! Amar é muito mais. Quem se ama e ama de verdade quer sempre o melhor não apenas para si, mas também para o outro.

Quer compartilhar fatos e dicas? Envie para o e-mail: [email protected]

Comentários:
error: Content is protected !!
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: