Sou fã dessa autora e tenho todos os seus livros, acho-a com uma criatividade maravilhosa e seus romances nos contagia com personagens carismáticos e sensuais.

SINOPSE:

Os guerreiros da Irmandade da Adaga Negra marcam presença em uma nova série, repleta de aventura e romances muito quentes… Paradise, filha do Primeiro Conselheiro do Rei, está pronta para se libertar da vida restritiva imposta às fêmeas da aristocracia. Sua estratégia? Entrar no programa do Centro de Treinamento da Irmandade da Adaga Negra para aprender a lutar por si mesma, a pensar por si mesma… Ser ela mesma.

É um bom plano, até tudo dar errado. As aulas são inimaginavelmente difíceis, seus colegas de sala são mais inimigos que aliados e está bem claro que o Irmão encarregado, Butch O’Neal, também conhecido como Dhestroyer, está atravessando sérios problemas em sua vida particular. E tudo isso antes mesmo de ela se apaixonar por um colega de turma. Craeg, um cidadão comum, que não se parece em nada com o que o seu pai desejaria para ela, mas que é tudo o que ela poderia pedir em um macho. Quando um ato de violência ameaça pôr fim ao programa, e a atração erótica entre eles fica cada vez mais irresistível, Paradise é testada de maneiras que ela sequer poderia ter imaginado, o que a faz ponderar se é forte o bastante para reivindicar seu próprio poder… dentro do campo de batalha e fora dele.

“A série Irmandade da Adaga Negra é uma viciante mistura de romance, sexo ardente, vampiros gostosos e dramas sem-fim.” — LoveVampires.

Minha Opinião:

“Beijo de Sangue” é o primeiro livro de um spin off de”A Irmandade da Adaga Negra” por JR Ward e a verdade é que tem sido um fiasco para mim. O enredo do livro engana muito, mas além disso, encontrei mais do mesmo, mas com outro nome. E ultimamente muita coisa acontece comigo quando leio os livros de JR Ward .

Sendo uma espécie de “spin off” eu pensei que seria diferente, eu tentaria coisas que não vimos antes e acima de tudo, eu pensei que era um pouco mais adolescente. Mas parece que eu estava errado. Qual é a diferença entre “Beijo de Sangue” e qualquer outro livro da Brotherhood? O nome que eu imagino, um é chamado “Beijo de Sangue” e o outro “.

E a verdade é que o livro não começou muito mal porque nos ensinou muitas coisas sobre o centro de treinamento. Pode-se dizer que essa parte foi muito boa, mas tudo começa a diminuir com a relação de Craeg e Paradise. Eu não vi mais dois personagens chato e chato em toda a minha vida.

História típica que lemos em mil livros. Garota rica, pobre menino. Ela quer ser livre, ele quer se vingar de alguém. Realmente por sorte, a história de Butch e Marissa é muito mais interessante. E eu direi que o que realmente salva o livro de ser gravado nessa entrada é exatamente isso.

Na verdade, é um livro previsível demais. Removendo a parte Butch o resto poderia ter visto isso vindo das primeiras cem páginas do livro. O final é típico, pomposo e chato. Eu até conheço os casais que virão! Ou pelo menos um deles e, por falta de um, agora teremos um Vishous Jr.

O livro tenta ser apaixonante, muito pelo que eu esperava dele, e poderíamos dizer que está completamente desatualizado. E olho, eu não estou reclamando da paixão, mas que não era necessário e é excessivo para o casal que é. É colocar sexo para realçar a imaginação, isso acaba nojento.

Eu não posso recomendar este livro. Sinto muito, mas não é assim. Eu continuarei com o segundo porque eu já comecei a saga, eu não gosto de deixá-los meio-acabados, embora eu tenha feito isso com alguns, mas eu não diria para você ler.

JR Ward ela me decepcionou novamente com um de seus livros e é algo que eu achei estranho. Primeiro com aquele livro cansado de Rhage e Mary e depois com este sonífero “Beijo de Sangue ” . Eu amo a Irmandade da Adaga Negra, mas esse não deu.

Quer compartilhar fatos e dicas? Envie  para o e-mail: [email protected]

Comentários:

Beijo de Sangue - Volume 1

Preço:R$ 32,40
0
error: Content is protected !!
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: