Literatura infantojuvenil e juvenil para além do politicamente correto

A onda politicamente correta que avança na literatura infanto juvenil na atualidade pode inibir a imaginação e a criatividade de crianças e adolescentes. Esta é a tese defendida pelo escritor e consultor literário do Clube Leitura Ilan Brenman, que também é psicólogo, mestre e doutor em Educação e autor de mais de 60 livros publicados no Brasil e em diversos países da Europa e Ásia.

Illan defende que a presença de termos e comportamentos politicamente corretos nos livros não contribui para a formação de nossos pequenos e jovens leitores. Para ele, alguns livros escondem os conflitos, não abordam temas como o sofrimento e a perda, limitando a experiência das crianças e jovens e inibindo suas possibilidades de descoberta e crescimento com a literatura.

No Clube Leitura, Illan Brennan indica obras de literatura infantojuvenil e juvenil que respeitam a inteligência e a sensibilidade da criança e do jovem leitor.

Igor Mendes, sócio-gerente do Clube Leitura, destaca que “é durante a infância e adolescência que o indivíduo constrói suas convicções e desenvolve sua visão de mundo. Livros que provoquem o contato com controvérsias da vida em sociedade e do mundo, na nossa visão, são essenciais para estimular a criatividade e também provocar a conversa e discussão em família sobre diversos assuntos e compartilhar as leituras”.

Quer compartilhar algo comigo? Envie para o e-mail: [email protected]

Comentários:

Comentar

    Comente Com O Coração.BEIJOOOO

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    error: Content is protected !!
    %d blogueiros gostam disto: