Com mais de três milhões de usuários, a plataforma de relacionamento sugar MeuPatrocínio, a pioneira no Brasil, registrou um crescimento de 80% no número de cadastros semanais durante o período de isolamento social. Os termos “Sugar Daddy” e “Sugar Baby”, de acordo com levantamento realizado com os dados de pesquisa Google, no período que abrange os meses de março a setembro de 2020, foram especialmente procurados pelo estado do Amazonas e Distrito Federal, respectivamente. O Amazonas, lidera a busca por “Sugar Daddy”. Já o Distrito Federal, a posição se inverte ao ocupar a primeira posição na busca pelo termo “Sugar Baby”.

Confira abaixo o ranking dos estados a procura do termo “sugar baby” durante a pandemia.

  1. Distrito Federal
  2. Amazonas
  3. Rio de Janeiro
  4. Santa Catarina
  5. São Paulo
  6. Goiás
  7. Amapá
  8. Minas Gerais
  9. Espirito Santo
  10. Paraná

Segue o ranking na busca pelo termo “sugar daddy”:

  1. Amazonas
  2. Acre
  3. Rio de Janeiro
  4. Distrito Federal
  5. Tocantins
  6. Santa Catarina
  7. Roraima
  8. Espirito Santo
  9. Mato Grosso
  10. São Paulo

No cenário nacional, as sugar babies são 2.033.299 inscritas na plataforma MeuPatrocínio enquanto que os sugar daddies totalizam 305.968 usuários. São Paulo (29%), Rio de Janeiro (13%), Minas Gerais (10%), Paraná (7%) e Rio Grande do Sul (6%) são os estados com o maior número de cadastros, seguidos por Santa Catarina (4%), Distrito Federal (3,5%), Bahia (2,8%), Goiás (2,5%) e Pernambuco (2,4%).

Em tempos de pandemia, os usuários têm aproveitado as facilidades das plataformas de relacionamento. Com a possibilidade de descrever exatamente o que procuram, aproveitando todos os filtros disponíveis, fica mais fácil encontrar um parceiro adequado. E o relacionamento sugar, que tem se revelado uma nova tendência principalmente para aqueles que buscam uma relação fundamentada em transparência e objetivos comuns, ocupa a cada dia mais o espaço dos relacionamentos considerados “tradicionais”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui