Diferenças entre um relacionamento tóxico e um saudável

O ser humano sempre procura ter um relacionamento, pois é um instinto natural. Duas pessoas se unem emocionalmente com o propósito biológico de construir uma família, embora isso nem sempre seja o resultado.

As relações de casal estáveis são baseadas no vínculo amoroso entre duas pessoas e o desenvolvimento de outros fatores, tais como comunicação, respeito mútuo, admiração, desejo físico e amizade, como estes são pilares de uma paixão saudável. No entanto, quando o abuso, as ameaças, os ciúmes doentios e a violência física dominam, a relação é classificada como tóxica.

A psiquiatra Vanessa Herrera, da Diretoria de Saúde Coletiva do Instituto Nacional de Saúde Mental Honorio Delgado-Hideyo Noguchi, afirma que uma relação saudável é alcançada através do respeito e da sinceridade.

O oposto do que acontece em um relacionamento tóxico, onde os comportamentos de dependência emocional, desconfiança, apego e comunicação agressiva são os que prevalecem.

A médica explica as características básicas das relações tóxicas:

Há um sofrimento afetivo que, pouco a pouco, está desgastando os sentimentos de afeto, porque muitas vezes a pessoa que exerce o domínio é prejudicial ao parceiro.

O ciúme, a desconfiança, o controle e o desprezo de um dos indivíduos fazem com que o outro se sinta maltratado e deprimido.

Agressões verbais e físicas são comuns.

As pessoas que permanecem nesse tipo de relacionamento têm baixa autoestima, medo da solidão e acreditam que podem mudar o outro.

A relação tóxica ocorre quando um dos indivíduos é egoísta, egocêntrico, manipulador e narcisista, enquanto a outra pessoa é suscetível, com medo, sem poder, sente-se culpada com frequência e é vulnerável.

Por outro lado, quando um relacionamento é feliz e saudável acontece que:

As pessoas apoiam, respeitam, confiam umas nas outras e procuram resolver os seus problemas em conjunto.

Eles compartilham suas idéias e pensamentos sem medo. Eles se sentem em família, em confiança e ouvidos.

Eles mantém têm boa comunicação, respeito mútuo, qualidade de tempo juntos, mas ao mesmo tempo são pessoas independentes, que valorizam seu tempo como indivíduos.

Demais será dizer que uma relação tóxica não nada recomendada. Os laços emocionais são estabelecidos para serem duradouros, enriquecem-se mutuamente e melhoram como seres humanos. Se o seu relacionamento não está realizando isso, então é melhor fugir.

Quer compartilhar fatos e dicas? Envie para o e-mail: [email protected]

Comentários:
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: