Todos nós passamos por um fim de um relacionamento em algum momento de nossas vidas. No entanto, nem todos sabemos como lidar com isso da melhor maneira. É verdade que no começo é difícil de superar, mas quando a tristeza e a depressão se aprofundam e se espalham, é hora de procurar ajuda.
É por isso que é importante que você conheça os sintomas que permitirão identificar quando a depressão do colapso do amor está impedindo que você tenha uma vida funcional e a possibilidade de ter um novo relacionamento amoroso.

Sintomas da depressão do colapso do amor

Algumas pessoas correm mais risco de sofrer depressão, como aquelas com histórico familiar de depressão.
É normal sentir-se triste após um rompimento, mas se os sintomas de depressão começarem a aparecer, procurar ajuda de um profissional, você pode procurar um psicólogo on – line e impedir que o problema evolua.

Abaixo estão os sintomas da depressão colapso:

  • Sentindo-se triste, vazio ou sem esperança a maior parte do dia por vários dias
  • Perda de interesse em atividades anteriormente recompensadoras
  • Perda de peso e apetite ou aumento de apetite e peso
  • Dormindo muito pouco ou muito
  • Fala e movimentos significativamente mais lentos
  • Sentindo-se impotente na maioria das vezes
  • Baixa auto-estima
  • Dificuldade em se concentrar ou tomar decisões
  • Pensamentos relacionados à morte, incluindo ideias suicida
  • Como você pode superar a depressão rompida para iniciar um novo relacionamento?

Existem maneiras profissionais de superar um rompimento de relacionamento, mas antes de apresentá-lo a você, daremos algumas dicas:

Dicas 1: Expresse-se

Não guarde a dor e a tristeza da separação. Você deve expressar o que sente.
Você não pode ficar calado e seguir em frente. Você deve expressar o que sente, tirá-lo de você e seguir em frente.

Dica 2: não viva no passado

É verdade que as memórias não podem ser facilmente esquecidas. Mas também não aconselhamos que você os esqueça.
O que você precisa fazer é olhar para o futuro, não pense que o que você viveu será repetido. Lembre-se de que cada experiência deve ajudá-lo a aprender e evitar cometer os mesmos erros.

Dica 3: melhore seus pensamentos

Você deve estar no controle de seus pensamentos. Quando você fica deprimido, tem pensamentos negativos, vê tudo difícil e cinzento.
Assuma o controle e concentre-se no positivo, no que você deixou para viver, no quão bom você tem com você.

Dica 4: incline-se na família e nos amigos

Apoie-se nas pessoas próximas, para que você possa ter uma alguém que o ouça e o aconselhe.
Além disso, quando você se apoia nos outros, se distrai, faz planos e se diverte.

Dica 5: não se isole

Isolar-se é um sintoma de depressão quando ocorre após uma separação. Você não quer entrar em contato com ninguém e pode ficar trancado por muito tempo.
Lute contra essa inclinação, encontre amigos, familiares, dê um passeio, mas não fique trancado por muito tempo.

Tratamentos profissionais para superar a depressão

Quando a depressão é muito grave, quando seus sintomas aparecem com intensidade, dificultando o início de outro relacionamento, você precisa de ajuda profissional.
Um desses tratamentos é psicofarmacológico. Um profissional prescreve antidepressivos para ajudá-lo a lidar com as emoções.
É importante que o tratamento farmacológico seja indicado por um especialista, caso contrário, você poderá colocar sua saúde mental e física em maior risco.

O outro tratamento recomendado para a depressão é a psicoterapia, uma vez que permite entender o que está acontecendo com você e enfrentá-lo com estratégias personalizadas para você.
Para tratamento psicoterapêutico, você também precisa de um profissional para orientá-lo nas sessões.

Conclusão

Se você está passando por conflitos em seu relacionamento ou se deparou com um rompimento que está afetando, você pode perceber os sintomas da depressão, entre em contato com um psicólogo.
Assim, você pode ter um bom tratamento e seguir em frente com sua vida, pronta ou disposto a iniciar um novo relacionamento o mais rápido possível.

Compartilhe este artigo com seus amigos nas redes sociais, para que eles saibam o que fazer caso você se encontre em uma situação de separação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.