Ego Quarentena

Por Ellaine Toledo

Imagine pegar duas pessoas totalmente diferentes: criação, crenças, habilidades, frustrações, manias, defeitos, virtudes, medos, histórias de vida, cultura, enfim, e colocá-las em um relacionamento com grande sentimento e desejo de ambas as partes, difícil não? Agora, imagine todas essas diferenças somadas ao caos de uma pandemia…

O grande desafio da atualidade é manter um relacionamento saudável em meio a uma pandemia, onde fomos obrigados a sair da nossa zona de conforto e tudo nos foi tirado: ambiente de trabalho, academia, clube, praia, teatro e vários outros entretenimentos. Nossos dias se tornaram mais longos, confinados em casa e sem opção, logo, entra em cena as nossas insatisfações e conflitos, devido o alto grau de stress emocional, o que antes passava despercebido, hoje se tornou insuportável, gerando uma forte inquietação e ansiedade.

Leia Também: 

O amor não é um hobby, não é para amadores, é uma escolha e como tal requer comprometimento, disciplina e muitas vezes, até renúncia.
Exercitar o autoconhecimento é fundamental para qualquer relação, aceitar que o outro é diferente e compactuar com essa diferença é conhecer-se e aceitar-se no mais alto grau, com consciência de sua própria fragilidade e imperfeição. Aceitar verdadeiramente o outro é um constante aprendizado, um rico laboratório que nos leva a experiências fantásticas, nos convida a sermos verdadeiros humanos.
Não existe fórmula mágica, mas, a regra de ouro de qualquer relacionamento de sucesso é a reciprocidade com foco na construção. Antes clamávamos por tempo, hoje temos sobrando e não sabemos o que fazer com ele.

Em uma pandemia devemos mudar alguns hábitos e transformar outros, logo, se quisermos um relacionamento saudável, devemos desenvolver uma postura adequada diante da vida e do outro, uma postura de reflexão, resiliência e boas práticas. A pandemia nos possibilita descobrir habilidades jamais pensadas, tenha em mente que cuidar do ser amado vai muito além de usar máscaras e álcool em gel.

Se não puder estar junto presencialmente, encurte a distância, use a sua criatividade! Vale tudo, uma ligação, faixas na entrada da quadra, live pela internet, lembre-se, as redes sociais nos proporciona inúmeras possibilidades de encantar o ser amado, que tal utilizar um motoboy para entregar um mimo? Vale até um álcool em gel e uma linda máscara personalizada, só não vale deixar passar uma única oportunidade se quer de cuidar, prestigiar e felicitar o seu amor.

Leia Também:

Em um confinamento devemos resgatar e praticar tudo que perdemos ao longo de anos, exatamente por falta de tempo, mas, que está intrínseco dentro de cada ser humano e talvez por não ser precificado, não tenhamos observado o seu altíssimo valor: a generosidade, gratidão, amor, atenção, empatia e solidariedade.

Se fosse fácil, não seria um desafio, então, hoje o nosso grande desafio diário é valorizar as pequenas gentilezas, o almoço em família, assistir um bom filme juntos, fazer caminhadas longas de mãos dadas, jogar os tradicionais jogos em família, rir das pequenas falhas, dividir as tarefas domésticas, maximizar as virtudes, ter prazer em servir ao invés de cobrar, ouvir atentamente as ideias e preocupações do outro, manter as conversas com interesse e empatia, surpreender com atitudes positivas, ceder, elogiar… E ao final de cada dia ser grato por ter tido a nobre e rara oportunidade de ser melhor!

Independente das adversidades mantenha o seu relacionamento em alta, comprometa-se em verdadeiramente cuidar, só assim, ao final da pandemia o seu relacionamento estará melhor e mais forte, acredite, a pandemia vai passar! E ao passar, faremos um balanço do que construímos, do que reconstruímos e do que destruímos.

58 COMENTÁRIOS

  1. Como sempre, em tudo o que faz, excelente. Sábias palavras. Reciprocidade, empatia e compreensão são a chave para um relacionamento neste período dificil que todos estamos vivendo. Parabéns pelo texto!

  2. Muito legal!!!! Simples assim e complicado por ser uma pandemia, onde as pessoas muitas vezes em casa mas sem comunicação. Valorizar amar sua família algo que pode durar pra vida toda, quem não perdeu alguém que ama, agradecer a Deus é que devemos fazer. Parabéns pela iniciativa.

  3. Ellaine, como sempre, dando um show com as palavras. Reciprocidade é a chave de qualquer relacionamento de sucesso. Ótima matéria.

  4. Texto atual e apropriado para os tempos que estamos vivendo. Uma nova realidade em que o casal precisa lidar sem ter tido nenhum treinamento para isso. Vida nova e cheia de dificuldades pessoais e emocionais! Muito bom!!

    • O texto une duas coisas me mais me interessa: amor/afeto e pessoas… pq sem essas duas “estruturas” não há como se ter nenhum tipo de relacionamento… E aí o site chama uma mulher extraordinária para escrever essa matéria, aí o que era pra ter atraente se torna irresistível! Sim, porque a Ellaine não somente sabe o que escreve, ela VIVE aquilo que escreve e fala… a identificação com o assunto se torna muito mais possível!! Sou feliz por conhecê -la, feliz por ter acesso a essa matéria e feliz por perceber que essa pandemia nos trouxe para perto dos nossos, está sendo momentos de se reinventar, de se reconectar… Que este texto possa ser um gatilho para a transformação de cada um que ler este texto!!! Se deliciem, assim como eu pude fazer tb…

  5. Ótimo texto, concordo plenamente com a autora, se não de acordo em como agimos em momentos como esse podemos melhorar ou destruir um relacionamento,vamos pensar em como queremos estar quando tudo isso acabe, pensar antes de agir e de falar e cultivar o nosso amor.

  6. Maravilhoso texto! Isso mesmo, temos que reinventar e aproveitar melhor o tempo que passamos com quem amamos! Eles tem seus defeitos, e nos temos os nossos!

  7. Parabéns, Ellaine. Concordo plenamente. Perfeito. Em tempos difíceis… mais do que nunca vamos viver o presente! Vamos construir o amor e o primeiro passo está dentro de nós. Nesse período de pandemia vamos despertar para os bons pensamentos e viver em paz! Viver bem é da responsabilidade de cada um de nós. Somos livres para escolher como queremos viver. Sim, todo momento é hora de rever as nossas crenças, poque são elas que determinam nossas atitudes (escolhas), caminho. Devemos estar abertos para o que for preciso e em qualquer tempo. Muitas vezes ficamos com medo de ousar e não damos atenção e voz as nossas afirmações positivas. Não podemos esperar do próximo. A regra é que devemos esperar de nós! Sim, em tempos de pandemia é possível ser feliz. A felicidade é feita de momento alegres quando a nossa consciência está presente. Surge então a habilidade de perceber um modelo novo de vida, de amar. A consciência liberta! Vamos exercitar nossa mente com pensamentos positivos, cultivando o otimismo para superarmos os desafios. Em qualquer tempo, de pandemia ou não, precisamos de Saúde, equilíbrio e paz. Hoje e sempre para que aconteça o significado da entrega… o nosso coração deve ser de sublime amor! Abraço.

  8. É bom lembrar que, essa relação pode ser com um filho, um irmão, enfim um ente querido, estamos apreendendo a rever alguns valores que haviam se perdido. Que durante esse período de confinamento possamos refletir mais, ajudar mais, como foi dito no texto, pequenos mimos que às vezes fazem uma enorme diferença. Parabéns Ellaine, que você continue nos brindando com perolas como esta!

  9. Uma real reflexão do que estamos vivenciando nos dias atuais. Excelente texto muito rico em conteúdo e que nos ensina a refletir como devemos viver em harmonia com o par amaroso mesmo em tempos de crise em meio a uma pandemia. Excelente ideias para serem colocadas em prática não só agora, mas também durante e após a pandemia. Parabéns pelo texto uma excelente leitura.

  10. Uma real reflexão dos tempos atuais que vivemos hoje. Manter um relacionamento saudável em tempos de crise requer esforço de ambas as partes e principalmente a reciprocidade como foi citada a cima. Um excelente texto rico em conteúdo e com muito a acrescentar aos casais de hoje, durante e após a pandemia.

    • O texto une duas coisas me mais me interessa: amor/afeto e pessoas… pq sem essas duas “estruturas” não há como se ter nenhum tipo de relacionamento… E aí o site chama uma mulher extraordinária para escrever essa matéria, aí o que era pra ter atraente se torna irresistível! Sim, porque a Ellaine não somente sabe o que escreve, ela VIVE aquilo que escreve e fala… a identificação com o assunto se torna muito mais possível!! Sou feliz por conhecê -la, feliz por ter acesso a essa matéria e feliz por perceber que essa pandemia nos trouxe para perto dos nossos, está sendo momentos de se reinventar, de se reconectar… Que este texto possa ser um gatilho para a transformação de cada um que ler este texto!!! Se deliciem, assim como eu pude fazer tb…

  11. Amei ler esse texto, simples e direto. Relacionamento nunca é fácil se não estamos dispostos a ceder também. Aceitar o outro da forma que ele é , sem exigências. Eu também quero ser aceito como sou e nada mais justo que a reciprocidade. Aprender e se reciclar diariamente, afinal somos mutantes.

  12. Parabéns pelo excelente texto, onde mostra o lado bom e alguns momentos tensos na vida a dois e principalmente em uma nova situação de pandemia.

  13. Excelente texto, mostra bem a nossa atual realidade. Sobreviver a uma pandemia é algo novo e inimaginável. Um bom relacionamento é baseado em compreensão, saber ceder e servir ao seu companheiro (a). O texto explica bem o que devemos fazer para seguir em frente e ao lado do seu grande amor.

  14. Excelente texto, mostra bem a nossa atual realidade. Sobreviver a uma pandemia é algo novo e inimaginável. Um bom relacionamento é baseado na compreensão, saber ceder e servir ao seu companheiro (a). O texto explica bem o que devemos fazer para seguir em frente e ao lado do seu grande amor.

  15. Excelente texto . Palavras simples . Verdadeiras mostrando a realidade. Parabéns pelas palavras e frases. Puras simplismente a realidade. Show ….Parabéns Ellaine

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui