Cuidados pessoais e atividades físicas também estão em segundo plano

O estudo Opiniões Covid-19, realizado entre 29 de abril e 1º de maio, identificou que para 36% dos entrevistados a pandemia de coronavírus está afetando negativamente sua vida sexual. A pesquisa também identifica que boa parte deles, 42%, está tendo menos cuidados pessoais, e nisso incluem-se menos serviços de cabelereiro, manicure, massagens, entre outros. Outro hábito que também entrou em franco declínio é o de se exercitar – 45% dos entrevistados estão fazendo menos atividades físicas.

Ao mesmo tempo, brasileiros parecem começar a ficar cansados de acompanhar os desdobramentos da doença. Se na primeira pesquisa, feita entre 1º e 3 de abril, durante a primeira fase do isolamento da maioria dos estados do país, 13% revelaram estar vendo menos notícias pela televisão, agora 20% informaram estar evitando ver os fatos relacionados à covid-19 na TV.

Leia Também: Badoo e Zenklub se unem para oferecer dicas de relacionamento e saúde mental

A pesquisa realizada pela Perception, Engaje! Comunicação e Brazil Panels, entrevistou online, em todas as regiões do Brasil, homens e mulheres com mais de 18 anos, das classes ABCD, com margem de erro de até 4%, para saber a opinião dos brasileiros sobre diversas ações cotidianas em meio ao novo cenário vivido com a pandemia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.