A história infantil sobre um príncipe gay e seu namorado agricultor

Jack e Leo, o primeiro um jovem agricultor e o segundo um príncipe, se apaixonam à primeira vista após o encontro em um encontro inesperado na floresta, esta é a premissa Terra Prometida (Tierra Prometida), uma história infantil destinado a crianças entre 5 e 10 anos de idade que foi escrito por um casal de amigos gays.

O projeto para a publicação deste livro começou no final de 2015, quando Adam Reynolds e Chad Harris, originalmente da Nova Zelândia, começaram a procurar estratégias para financiar sua história de amor. Finalmente, eles decidiram publicar sua ideia em um site onde as pessoas poderiam doar para a iniciativa.

Felizmente, havia muitos interessados e o livro poderia ser lançado. Segundo seus criadores, é uma história sobre amizade, aventura, responsabilidade e amor. O interessante da história é que o conflito central da história não gira em torno da sexualidade dos personagens, mas na luta para salvar a floresta. Ou seja, não há problema moral que gira em torno do amor dos jovens protagonistas.

“Nossa esperança é que os jovens que crescem lutando com sua sexualidade possam olhar para os personagens de nosso livro e serem representados.Também esperamos que ele possa contribuir para a aceitação dos jovens antes que eles possam se encontrar com colegas, amigos ou parentes LGBT ” , disse Reynolds.

Eles também disseram que esperavam que o livro funcionasse como uma ferramenta útil para os pais, um texto com o qual eles podem aprender que as pessoas podem se apaixonar umas pelas outras, independentemente do sexo do parceiro. Por isso, enfatizaram que a história não é uma história dirigida exclusivamente aos homossexuais, uma vez que a sexualidade dos personagens nunca é duvidosa.

“Há muito poucas histórias disponíveis para os pais com quem eles podem conversar com seus filhos sobre o mundo estar cheio de todos os tipos de relacionamentos e, ao mesmo tempo, encorajar a aceitação disso”, disse Harris.

Ele acrescentou: “Durante nossa infância e adolescência, não tivemos modelos ou histórias que representassem a idéia de que ‘felizes para sempre’ existisse mesmo se você fosse gay. Como tal, sentimos que deveria haver mais histórias assim, e então escrevemos um juntos. “

Quer compartilhar algo comigo? Envie para o e-mail: [email protected]


Ronnie Martyns

Escrevo sobre a vida, curiosidades, entre outros assuntos.Amante de história, livros e séries.Fã da web.Também sou apaixonado por tecnologia e compartilho em palavras tudo que me fascina.
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: